Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Transcritório - Traduções Low-Cost

Traduções oficiais. Línguas: Português, Inglês, Francês, Italiano, Alemão e Espanhol (incluindo catalão). Se precisar de outras línguas, contacte-nos.

Transcritório - Traduções Low-Cost

Traduções oficiais. Línguas: Português, Inglês, Francês, Italiano, Alemão e Espanhol (incluindo catalão). Se precisar de outras línguas, contacte-nos.

TRANSCRITÓRIO - TRADUÇÕES LOW-COST https://www.transcritorio.com/
07.08.18

CÓDIGO DA ESTRADA: 15 INFRAÇÕES E MULTAS PARA LEMBRAR

Transcritório - Traduções Low-Cost

Código da Estrada: 15 infrações e multas para lembrar

As férias estão à porta. É altura de pegar no carro para nos fazermos à estrada para aproveitar o verão. Nesta época do ano, já são habituais os apelos a uma condução segura. Todo o cuidado é pouco quando é a vida – a sua e a dos outros – que está em ‘jogo’. Mas há que ter também cuidado com a ‘carteira’. E, por isso, nunca é demais lembrar quais as multas de trânsito mais pesadas e as infrações mais graves segundo o código da estrada. A lista é grande e contempla algumas infrações que muitas pessoas desconhecem. Fique então a saber que:

1. Circular com um veículo sem seguro implica uma multa de responsabilidade civil que pode ir dos 500 aos 2500 euros e, se o dístico de seguro não estiver colocado no automóvel, em local visível, a multa pode ir dos 250 aos 1250. Esta multa pode ser reduzida para metade se no local fizer a prova da existência do seguro;

2. Se circular com o veículo em sentido oposto ao legalmente estabelecido a multa é de 250 a 1250 euros;

3. Se entrar ou sair da autoestrada por local diferente do acesso a multa é de €250 a €1250;

4. Se não circular na via mais à direita na autoestrada - sem ser em situação de ultrapassagem – a multa pode ir dos 60 aos 300 euros;

5. Se ultrapassar pela direita pode incorrer numa multa dos 250 aos 1250 euros;

6. A condução sem carta ou com carta caducada, há mais de 5 anos, é crime e implica detenção imediata, podendo dar pena de prisão até dois anos;

7. A desobediência à ordem de parar imposta por um agente da autoridade dá multa de 500 a 1500 euros;

8. Se for titular de carta de ciclomotores até 50cm3 ou motociclos até 125cm3 e conduzir veículos de categoria diferente é considerada infração muito grave e incorre numa multa de 700 a €3500 euros; além disso se conduzir veículo de categoria diferente daquela a que esta habilitado a multa é de 500 a 2500 euros;

Mas há mais. De acordo com o nosso código da estrada é considerado infração muito grave, com direito a multa e a perda de pontos na carta:

9. Parar na faixa de rodagem. É proibido parar ou estacionar nas faixas de rodagem, fora das localidades, a menos de 50 metros dos cruzamentos e entroncamentos, curvas ou lombas de visibilidade insuficiente;

10. Não tiver o triângulo de sinalização ou não o colocar a assinalar o veículo imobilizado por avaria ou acidente;

11. Utilizar as luzes em máximos e encandear outro veículo;

12. Desrespeitar as regras e sinais de distância entre veículos, e outras situações como cedência de passagem, ultrapassagem, mudança de direção ou de via de trânsito;

13. Circular em excesso de velocidade permitida;

14. Não respeitar o sinal de paragem obrigatória nos cruzamentos, entroncamentos e rotundas;

15. Conduzir sob o efeito de álcool. Uma taxa de 0,50 g/l e inferior a 0,80 g/l de álcool no sangue é uma infração grave com multa de 250 a 1250 euros; uma taxa de 0,80 g/l e inferior a 1,20 g/l de álcool no sangue é infração muito grave com multa de 500 a 2500 euros; uma taxa igual ou superior a 1,20 g/l de álcool no sangue é considerada crime e punida com pena de prisão até um ano.

Respeite as normas e faça uma condução segura e defensiva. Mas se for multado – porque não é daquelas coisas que só acontecem aos outros -, e se a multa for maior que 200 euros, poderá pedir o pagamento em prestações.

Boas férias e viaje em segurança.

 

Tirado daqui

03.08.18

COMO PREPARAR O CARRO PARA UMA VIAGEM

Transcritório - Traduções Low-Cost

Saiba como preparar o carro para uma viagem

 

Se vai fazer uma viagem longa de carro, não deve descurar alguns detalhes. Por vezes, quando facilitamos, acontecem imprevistos que acabam por levar a despesas extra, que seriam evitáveis. Lembre-se da velha máxima: prevenir é melhor do que remediar. Antes da partida, confira a lista que se segue:

1. Documentos. Verifique se tem todos os documentos necessários e se estão atualizados. Lembre-se: documentos de identificação, carta de condução, seguro, Documento Único Automóvel ou livrete e registo de propriedade.

2. Revisão ou check-up. Entre duas a quatro semanas antes de viajar, verifique o livro de revisões e, se faltarem pouco quilómetros para a próxima revisão programada, considere fazê-la mais cedo. Se ainda não for a altura certa, opte por um check-up ao veículo.

3. Pneus. São, talvez, a coisa mais importante na segurança de um carro. Deve viajar com a pressão correta e com os pneus em bom estado. Caso contrário, a sua segurança fica em risco, gasta mais combustível e ainda pode ser multado.

4. Bagageira. Confirme que leva triângulo de sinalização, colete refletor e pneu de substituição. Considere juntar uma mala de primeiros socorros.

5. Organização. Escolha antecipadamente o melhor percurso, programe paragens e refeições e abasteça o carro aos melhores preços. Pode poupar uma quantia simpática.

Boa viagem.

 

Tirado daqui

Siga as nossas novidades e veja as ofertas de emprego através do Facebook Veja os packs para cada profissão no nosso site: www.transcritorio.com