Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Transcritório - Traduções Low-Cost

Traduções oficiais. Línguas: Português, Inglês, Francês, Italiano, Alemão e Espanhol (incluindo catalão). Se precisar de outras línguas, contacte-nos.

Transcritório - Traduções Low-Cost

Traduções oficiais. Línguas: Português, Inglês, Francês, Italiano, Alemão e Espanhol (incluindo catalão). Se precisar de outras línguas, contacte-nos.

TRANSCRITÓRIO - TRADUÇÕES LOW-COST https://www.transcritorio.com/
17.11.17

185 EMPREGOS E UM DESERTO DE CANDIDATOS

Transcritório - Traduções Low-Cost

Resultado de imagem para curso superior ou trabalho

 

A ASM Industries está a investir €30 milhões numa nova fábrica, mas tem dificuldades em contratar

 

Em 2016, Adelino Costa Matos anunciou a intenção de contratar 50 novos profissionais, com qualificação em várias áreas essenciais à indústria metalomecânica, para a sua operação em Sever do Vouga. Mais de um ano e meio depois, dos 50 necessários ainda só conseguiu recrutar 25. “Não há candidatos para trabalhar nesta área”, desabafa o CEO, assegurando que já nem está preocupado em contratar “o candidato ideal, com as qualificações essenciais para a função”. É, garante, “difícil contratar até candidatos indiferenciados”.

 

A emigração de um número elevado de profissionais qualificados, “empurrados pela crise”, a que se assistiu na última década em Portugal é apenas uma parte de um problema que Adelino Costa Matos diz ser muito mais vasto. “Houve, e bem, nos últimos anos, uma grande aposta em elevar as qualificações dos portugueses e atrair um número crescente de jovens para as universidades. A verdade é que isto tem um preço, e estamos a pagá-lo com a ausência de profissionais com competências mais técnicas, colocando às empresas do sector da indústria, por exemplo, sérias dificuldades de contratação”, explica.

 

No espaço de um ano e meio, as necessidades de pessoal da ASM Industries aumentaram muito. Fruto do crescimento da empresa e dos novos investimentos que o grupo realizou e continua a realizar em solo nacional — com a construção de duas novas fábricas —, já não bastam 50 profissionais para garantir a produção. Além dos 25 profissionais que a ASM Industries ainda não conseguiu contratar para Sever do Vouga, a empresa precisa de 60 trabalhadores altamente qualificados para a nova linha de fabrico que está a abrir em Setúbal. Mais. Precisará de 100 quando, em 2019, entrar em atividade a nova fábrica do porto de Aveiro. Contas feitas, a empresa tem 185 oportunidades de emprego, mas lida com “um problema sério de falta de candidatos”, segundo Adelino Matos.

 

http://expresso.sapo.pt/economia/2017-11-04-185-empregos-e-um-deserto-de-candidatos

 

Siga as nossas novidades e veja as ofertas de emprego através do Facebook Veja os packs para cada profissão no nosso site: www.transcritorio.com