Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

TRANSCRITÓRIO - TRADUÇÕES LOW-COST https://www.transcritorio.com/

SOU EMIGRANTE: ONDE APLICAR AS MINHAS REMESSAS?

por Transcritório - Traduções Low-Cost, em 16.02.18

Com as taxas de juro historicamente baixas, os depósitos deixaram de ser atrativos para muitos portugueses que residem no estrangeiro. A pergunta que se impõe é: onde aplicar as remessas?

 

Resultado de imagem para notas euro

 

Dados de 2017 dizem que 2,3 milhões de portugueses vivem no estrangeiro, um número que representa 22% da população. Logo a seguir a Malta, Portugal é o país da Europa com mais emigrantes. Paralelamente, Portugal continua a ser o lugar escolhido por muitos emigrantes para guardar os rendimentos acumulados além-fronteiras.

No entanto, as taxas dos depósitos a níveis próximos de zero estão a fazer cair o valor das remessas dos emigrantes, agora cativados por outro tipo de aplicações.

A questão que se coloca é: onde aplicar as remessas, afinal?

1. Depósitos com juros de 2%?

Já lá vai o tempo em que os bancos ofereciam produtos especiais para emigrantes, com remunerações muito apetecíveis. Hoje, com as taxas em mínimos históricos, a maior parte das remunerações estão próximas de zero. Mas há exceções.
Ainda é possível encontrar bons depósitos. De acordo com os especialistas do site Economia e Finanças, estes eram os 3 melhores depósitos no final de 2017.
Considere avaliar as condições destes depósitos e ver se podem ser vantajosos, no seu caso.

      1. Instituição: Banco BEST

      Nome do depósito: 2,25% já
      TANB: 2,25%

      2. Instituição: BNI Europa     

      Nome do depósito: BNI Europa 5 anos
      TANB: 2,01%

3. Instituição: Banco BIG

      Nome do depósito: Super Depósito 
      TANB: 2%

2. Investir num imóvel

Se há setor que está no auge é o imobiliário. Portugal está na moda, e segundo os especialistas, vai continuar a estar. A loucura pela procura de imóveis por portugueses residentes no país, emigrantes e estrangeiros está a estimular a compra de casas e a fazer os preços subir. Os especialistas do mercado imobiliário explicam que o mercado mudou e que hoje tem 200 ou 300 mil euros no banco, prefere, por vezes, investir em imóveis.

Comprar uma casa em Lisboa, no Porto ou na Madeira, por exemplo, são dados como investimentos garantidos, seja para revenda, arrendamento local ou mesmo para ser a casa para a idade da reforma.

3. Investir na bolsa

Quem investiu na bolsa em 2017, teve aposta ganha. 2018 é uma incógnita, mas os especialistas anteveem que as boas perspetivas para a economia portuguesa deverão sustentar os ganhos das empresas portuguesas cotadas em bolsa e levar à subida das ações.

Há produtos de investimento para todos os gostos, perfis de investidor e com rendibilidades muito distintas, tal como seguros, fundos e PPR’s.

Se apesar de estar a viver fora de Portugal, acredita na economia portuguesa, no crescimento de um determinado setor ou empresa, considere arriscar, aconselhando-se junto de um especialista.

Em qualquer dos casos, guarde o conselho dos especialistas: por uma questão de segurança, é importante diversificar as suas poupanças, ou seja, não colocar todos os ovos no mesmo cesto.

 

Tirado daqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:30

Siga as nossas novidades e veja as ofertas de emprego através do Facebook Veja os packs para cada profissão no nosso site: www.transcritorio.com


Traduções oficiais. Línguas: Português, Inglês, Francês, Italiano, Alemão e Espanhol (incluindo catalão). Se precisar de outras línguas, contacte-nos.

Mais sobre mim

foto do autor


CONTACTOS

Email: transcritorio@gmail.com Tlm: 914625103 Ana Ribeiro



Veja os packs para cada profissão no nosso site: www.transcritorio.com