Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


TRANSCRITÓRIO - TRADUÇÕES LOW-COST http://www.transcritorio.com/

5 ITENS A REMOVER DO CV

por Transcritório - Traduções Low-Cost, em 21.08.17

5 dados que deve remover do CV agora

 

Um currículo representa o resumo do percurso profissional do candidato, funcionando como cartão de visita perante as empresas que são alvo das suas candidaturas. No entanto, há informações que devemosremover do CV, para causarmos melhor impressão. Não se trata de mentir, mas de ocultar informações desnecessárias ou que podem prejudicar a primeira impressão que o empregador formará de nós!


5 ITENS A REMOVER DO CV


1. ESTADO CIVIL

Muitos candidatos dão indicação, no seu CV, sobre qual é o seu estado civil. Pois bem, esta é uma das informações que devemos, regra geral, remover do CV. É uma informação pessoal, que nada acrescenta acerca do perfil de competências do candidato. Se quer dar indicação de qual é a sua disponibilidade para trabalhar, poupe o tempo precioso do recrutador e escreva tacitamente se está disponível para trabalhar à noite, ao fim de semana, por turnos, se está aberto à realização de deslocações, entre outros aspetos.

O estado civil engana: um recrutador pode pensar que por ser casado terá menos disponibilidade, uma vez que possui encargos familiares, ao passo que outro pode julgar que por ser casado terá um maior compromisso com o emprego. Não arrisque desencadear falsos julgamentos sobre si!



2. NACIONALIDADE

A nacionalidade é outra informação a remover do CV, exceto em duas situações: em candidaturas internacionais, e quando o seu nome suscita dúvidas.



3. TIPO DE VÍNCULO PROFISSIONAL

Muitos candidatos colocam na descrição das experiências profissionais o tipo de vínculo contratualestabelecido com os anteriores empregadores. Isto é totalmente desnecessário, pois o que o empregador quer saber é quais são as suas competências e capacidades profissionais.

Exceção: no caso de se tratar de um estágio curricular, essa informação deve estar bem explícita, pois o estágio curricular não é considerado experiência profissional, mas parte da formação.



4. GÉNERO

Na secção onde se coloca os dados de identificação, recomendamos que não coloque o sexo/género. Pelo nome e pela fotografia, torna-se evidente se é homem ou mulher.



5. JUSTIFICAÇÕES ACERCA DO FIM DOS CONTRATOS ANTERIORES

No caso de uma experiência profissional ter terminado por insolvência da empresa, pode dar essa informação; mas este é caso único. Esqueça as justificações para o fim das suas experiências de trabalho, o empregador apenas quererá saber algo sobre essa matéria numa fase posterior do processo de seleção. Nada de explicar no CV que não lhe renovaram o contrato porque à terceira renovação ficaria efetivo...

 

 

 

http://www.e-konomista.pt/artigo/remover-do-cv/?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=entity_ekpt

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:30

Siga as nossas novidades e veja as ofertas de emprego através do Facebook Veja os packs para cada profissão no nosso site: www.transcritorio.com



Traduções oficiais, para profissionais de saúde e não só. Línguas: Português, Inglês, Francês, Alemão e Espanhol (incluindo catalão). Se precisar de outras línguas, contacte

Mais sobre mim

foto do autor


CONTACTOS

Email: transcritorio@gmail.com Tlm: 914625103 Ana Ribeiro http://www.transcritorio.com/



Veja os packs para cada profissão no nosso site: www.transcritorio.com